30 de mar de 2012

4º Dia: O que dirige sua vida?

MENU: DISCIPULADO


Versículo da semana: "Percebi que o que faz os homens correrem atrás do sucesso é a inveja!". Eclesiastes 4:4.

O livro de Eclesiastes trata da vida como um amontoado de futilidade transitória. O escritor (Salomão) já estava no auge de sua caminhada, mas infelizmente havia se perdido no caminho. Mesmo com os erros, continuou a ser o homem mais sábio de seu tempo, portanto, ele não dizia as coisas de maneira aleatória ou sem sentido, apenas havia percebido que no mundo todas as coisas passam. O que nos faz pensar com mais convicção de que a vida sem Cristo é banal e insignificante.

O homem busca incessantemente “subir na vida”, pensando que aquisições possam preencher o vazio que existe em si. Ele olha o que o outro conquistou e deseja aquilo para si também. Por isto, Salomão afirmou que o que move o homem a conquistar bens é a inveja.

Circunstâncias que podem dirigir sua vida

Centenas de situações podem dirigir a vida do homem, mas o autor nos apresentou quatro:

A Culpa: Muitos passam pela vida fugindo do remorso e ocultando a vergonha. Foi o caso de Caim que, ao matar seu irmão, foi afastado da presença do Senhor. Seu ato fez com que vivesse seus anos com o peso da culpa.

Escape: Deus quer nos transformar e mudar nossa maneira de agir. Moisés matou um homem quando ainda estava no Egito, mas mesmo assim o Senhor o transformou de tal maneira, que se tornou num grande líder para o povo de Israel, sendo lembrado com louvor até hoje.

O ressentimento e a raiva: Outros se apegam a mágoas e, dirigidas por esse ressentimento, calam-se e interiorizam a raiva ou se irritam e agridem os outros.

Escape: Aprenda com o Senhor a manifestar o verdadeiro perdão. Para o seu próprio bem, aprenda com o passado e esqueça-o. A Bíblia diz que ficar amargurado é loucura, falta de juízo e leva à morte.

“Porque a ira destrói o louco; e o zelo mata o tolo”. Jó 5:2

O medo: Pessoas conduzidas por experiências traumáticas. Elas acabam perdendo grandes oportunidades por terem medo de correr riscos.

Escape: O medo é o encarceramento voluntário que o impedirá de se tornar aquilo que Deus pretende que você seja. Lute contra isso com as armas da fé e do amor.

"No amor não há medo, antes o perfeito amor lança fora o medo; porque o medo tem consigo a pena, e o que tem medo não é perfeito em amor". 1 João 4:18.

O materialismo: Pessoas dirigidas pelo desejo de adquirir bens, pensando que isso o tornará mais feliz e protegido.

Escape: Bens materiais trazem felicidade temporária. Nosso valor não é determinado por nossas posses. Apegue-se à verdadeira segurança: seu relacionamento com Deus, isto ninguém jamais poderá tomar de você.

A necessidade de aprovação: Pessoas controladas pelas expectativas alheias, sempre preocupadas com o que os outros vão pensar.

Escape: Ser controlado pela opinião dos outros é uma forma segura de jamais atingir os propósitos de Deus para sua vida. Se preocupe com a opinião do Senhor ao seu respeito.

"Ninguém pode servir a dois senhores; porque ou há de odiar um e amar o outro, ou se dedicará a um e desprezará o outro. Não podeis servir a Deus e a Mamom". Mateus 6:24.

Vantagem de uma vida dirigida pelos propósitos certos

Sua vida passa a fazer sentido. Sem Deus a vida não tem propósito, a vida não faz sentido. Sem um sentido, a vida não tem relevância nem esperança. A esperança é tão essencial para a vida quanto o ar e a água. É preciso esperança para lutar.

Sua vida é simplificada. O propósito define o que você faz e o que não faz. Basta perguntar: Essa ação me ajudará a cumprir o propósito de Deus para a minha vida? Quem não conhece seu propósito exagera nas atividades, e isso causa estresse, fadiga e conflitos. Uma vida dirigida por propósito nos conduz a um estilo de vida mais simples e uma agenda equilibrada.

Você estabelece prioridades. Você se torna eficiente ao ser seletivo. Não há nada tão poderoso quanto uma vida direcionada no propósito certo. Se você quer que sua vida cause impacto, dê-lhe uma direção. Pare de tentar fazer de tudo. Faça menos!

Você vive motivado. O propósito certo produz entusiasmo. É o trabalho sem sentido que nos esgota, consome nossa força e rouba nosso prazer, e não o excesso de trabalho.

Você é preparado para a eternidade. Uma utilização sábia do tempo é construir um legado eterno. Você não foi posto nesse mundo para ser lembradp, mas para se preparar para a eternidade.

Quando morrer Deus te fará duas perguntas:

1ª. Você aceitou o que Jesus fez por você, aprendeu a amá-lo e a confiar nele?
2ª. O que você fez com o que eu te dei? (com sua vida, talentos, oportunidades, energia, relacionamentos, recursos...).

A primeira determinará onde você passará a eternidade. A segunda determinará o que você fará na eternidade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário