15 de dez de 2011

Como guardar o nosso coração?

“Sobre tudo o que se deve guardar, guarda o coração, porque dele procedem as fontes da vida”. Provérbios 4:23

Quem nunca ouviu alguém dizer “Siga o que o seu coração mandar”? Esta famosa frase está na boca de muitas pessoas, no entanto, a Bíblia nos orienta a guardá-lo e não a segui-lo, isto porque o nosso coração não age segundo a vontade de Deus, mas de acordo com as nossas emoções do momento. Ele nos engana e induz a agirmos precipitadamente.


Não é à toa que Jeremias 17:9 nos fala que “enganoso é o coração, mais do que todas as coisas, e perverso; quem o conhecerá?”. Como então podemos guardar os nossos corações para que não sejamos induzidos ao erro?

Vemos na vida do apóstolo Pedro um exemplo de alguém que não soube guardar o seu coração por um tempo. Na passagem de Lucas 22:31-34 o Senhor Jesus comenta que Satanás havia pedido para cirandá-lo, ou peneirá-lo, como trigo [descrição do processo de provas pelo qual o genuíno é separado do falso, o bom do mau], mas que havia rogado ao Pai para que a fé de Pedro não desfalecesse.

Jesus sabia que Pedro não estava pronto, mas o apóstolo se deixou enganar pelo seu coração. Julgava-se preparado até para morrer com Jesus. Mas note que o Senhor fala que nem convertido ele ainda estava. Cristo diz “quando te converteres...”, sinal de que Pedro estava completamente enganado por suas emoções do momento. Nesta passagem vemos três pontos cruciais:

1 – Satanás via legalidade para agir na vida de Pedro;
2 – Pedro não estava convertido ainda, era um crente mascarado, vingativo, raivoso;
3 – Pedro estava cego, não admitia seus problemas a Jesus.

O engano do coração de Pedro o levou à cegueira e à arrogância. E este engano o conduziu à frustração quando viu acontecer o que Jesus havia lhe falado, quando negou o Senhor no momento que deveria caminhar com Ele até a morte. Quem se julga pronto, deixa de depender de Deus.

Então, como podemos guardar o nosso coração? Entregando todos os nossos pensamentos, vontades e projetos a Jesus, somente Ele é capaz de nos livrar, porque Deus é o único que conhece o nosso coração realmente. “Eu, o Senhor, esquadrinho a mente, eu provo o coração; e isso para dar a cada um segundo os seus caminhos e segundo o fruto das suas ações”. Jeremias 17:10.

Os frutos são conseqüências de nossas obras, e elas do desejo do nosso coração. Se o nosso coração estiver firme em Cristo, as seduções do mundo não nos corromperão. Faça como Davi e peça para o Senhor sondar o teu coração e provar os teus pensamentos, limpá-lo de toda a indução humana, para que desta forma, possa caminhar rumo à Nova Jerusalém!


"Sonda-me, ó Deus, e conhece o meu coração; prova-me, e conhece os meus pensamentos; vê se há em mim algum caminho perverso, e guia-me pelo caminho eterno". Salmos 139:23-24

Nenhum comentário:

Postar um comentário