1 de mar de 2011

Dj Alpiste | Vamo dá um rolê

CD: O Peso da Palavra



Chegou a hora e todo mundo vai saber
Quem é você e o que pretende fazer
A opressão, a maldade, vai ter um fim
Seus dias estão contados, é vai ser assim
Você já foi desmascarado por mim uma vez
Joguei por água abaixo tudo que você fez
Você já me conhece
O pior pesadelo está só começando
Pra abalar o mundo inteiro
O destruidor de demônios novamente em cena
Vou te mandar pro inferno, não vou ter pena
Injeção letal ou corredor da morte você vai implorar
Pra ter uma melhor sorte
Os judeus que morreram numa câmera de gás
Nem se compara ao final de Satanás
Meu mestre resistiu 40 dias no deserto
Pra que hoje a gente soubessem como fazer o certo
Sai da minha frente que eu vou passar
A mensagem consciente tem poder para mudar
Se você quer dar um rolê comigo no mundo espiritual
Liga o motor, acelera e se arma pra combater o mal


Vamo dá um rolê, vamo dá um rolê
Esse é o caminho, vamo nessa, pode crer

O que tava invisível agora vai aparecer
O que você não conhecia agora vai conhecer
A morte não mete medo em quem tem Jesus
As trevas não podem prevalecer contra a luz
Não jorra água doce e salgada da mesma fonte
Depois que Deus perdoou, não se lembra do que você fez ontem
Mas o diabo tá pegando os meus irmãos e corrompendo
Rola muita grana e fama, eu tô sabendo
A família agora virou segundo plano
A separação põe fim numa relação de muitos anos
Não conseguem mais cantar para louvar ao Senhor
Estão cegos pela grana que o diabo preparou
Secularizar geral, esse é o lema
Mas de vez em quando cantar na igreja, qual o problema?
Perdeu a unção, ganhou um milhão
Satanás agora vai comer seu coração
E não adianta vir me criticar
Porque eu não tô aqui pra agradar você
Espiritual é a causa do problema
Vamo dá um rolê que eu te mostro o esquema


Vamo dá um rolê, vamo dá um rolê
Esse é o caminho, vamo nessa, pode crer

Vamo dá um rolê pra você saber
Em quem confiar e em quem temer
Vem comigo, vamo nessa lá pro sul da Flórida
Onde o céu é azul dirty, dirty, dirty south
Eu uso o hip hop contra o mal, na real, bem legal
Eu vim do gueto americano
Desse jeito eu vi de perto a discriminação e o preconceito
Também vi o compromisso de muitos manos
Que na correria tão bolando um plano
Para destruir o inimigo sem deixar rastro
Eu aprendi com eles e é assim que eu faço
Eu arregaço, não dou espaço, não deixo brecha
A minha vida não se ganha com conversa fiada, papo de louco, não
Eu tô esperto
Ai ladrão, fica ligado, porque eu tô do lado certo
A experiência adquirida veio pra somar
E hoje somos muitos, podem acreditar
Eu não vou ser roubado
Não me deixo enganar
Vamo dá um rolê que o inimigo vai pirar

Nenhum comentário:

Postar um comentário