1 de mar de 2011

Dj Alpiste | Deus não se engana

CD: O Peso da Palavra

É fim de tarde, fim do dia, fim do trampo
Ele sai pra rua pronto para o encontro
A melhor roupa, perfume importado
Tudo pra agradar o coração amado
Amor não sei se é bem a palavra
Desejo carnal é o que mais se encaixa
Sexo animal, fora do normal
Corrompe a mente, o corpo e a moral
Mas ele não tá nem aí
Excitado, ele só pensa em se divertir
A vida é curta e ele tem que aproveitar
Cada minuto, cada segundo, não pode passar
Batido, sem emoção, sem ação
Tudo em nome de uma atração
Coração bate mais forte, tá chegando a hora
Um outro carro espera na porta do motel
Do lado de fora
Beijam na boca e já estão no quarto
Cama redonda, sauna, piscina no alto
Aqui vale tudo, nada é proibido
A noite é uma criança, tudo é permitido


Pense bem se é assim que você quer viver
Deus não se engana, Ele te ama
E tem o melhor dessa vida pra você

Os dois tiram a roupa um do outro
O suor corre na pele por todo corpo
O clima esquenta, pega fogo
Sodoma e gomorra ali é pouco
E a entrega acontece em nome do prazer
Todas as coisas vão acontecer
Sem preservativo, sem camisinha
A AIDS pra eles é conto da carrochinha
A prostituição tá acima do normal
Insaciável desejo homossexual
Tentando definir a sua sina
Buscando desculpas na medicina
Eles vão sair de lá e voltar novamente
Até que um dia algo abra sua mente
Que Deus fez o homem para a mulher
A mulher para o homem, e é assim que ele quer
Mas o demônio, não, ele pensa diferente
Fica ligado e esclareça sua mente
O que levaria dois homens pra cama?
Deus não comete erros, não, nem se engana


Pense bem se é assim que você quer viver
Deus não se engana, Ele te ama
E tem o melhor dessa vida pra você

Aquilo que nunca se viu, agora é normal de se ver
O símbolo taí, na revista e na TV
Playboy, Sexy, G Magazine
Papo de mona, é assim que se define
Dança da motinha no Faustão e no Gugu
Crianças vestidas com o corpo seminu
Na internet é de graça a pornografia
País do carnaval e da folia
Quem diria que hoje ia ser normal de se ver
A mulherada mostrando tudo na tv
E elas ganham milhões tirando a roupa
Até quem é crente acabou ficando louca
Pelo dinheiro fácil que vem do inferno
A mais nova arapuca do demônio moderno
Que quer ver você morrer e se destruir
Usando o sexo sujo pra se divertir
Mas comigo, não, podem me chamar de louco
Eu tô ligado, da bíblia eu sei um pouco
Eu tô à pampa, eu não desejo fama
Deus não comete erros, não, nem se engana

Nenhum comentário:

Postar um comentário