21 de fev de 2011

A Liderança na Igreja

1ª Aula – Liderança
Ministrada por: Pr. Rico
Data: 06.02.2011

Introdução à Liderança

“Nós somos o resultado daquilo que repetidamente fazemos”

Todas as pessoas foram preparadas para exercer um papel de liderança, seja em casa, em algum grupo da escola, no trabalho, em departamentos da igreja, pois sempre há alguém para se transmitir a informação. Todo o ciclo da vida necessita de uma liderança e não tem como ficar alheio a esse sistema.

Liderar significa chefiar, guiar. É a arte de influenciar bem. Influenciar é utilizar instrumentos eficazes de persuasão, não apenas para a realização de um feito, mas para o desenvolvimento de um hábito. A influência não é conquistada no primeiro contato, mas na continuação de um relacionamento e, para isso, o líder precisará relembrar e repetir o quanto for necessário.

O líder que opera na freqüência da influência:

1. É perito em persuasão;
2. Faz sintonia fina das apresentações de seus projetos a fim de atrair quem os ouve;
3. Usa estratégias complexas para obter consenso e apoio;
4. Orquestra eventos espetaculares a fim de marcar um ponto de vista.

Na história houve líderes de destaque, como Moisés que guiou o povo para receber a terra prometida. Mas também podemos observar Hitler, que atraiu milhares de pessoas para a prática do mal. Por isso, o cuidado deve ser dobrado para que a arte de liderar seja aplicada para o bem.

Jesus sempre usou as estratégias certas para liderar e demonstrou isso quando enviou os apóstolos, de dois em dois, para proclamar o evangelho. Eles fundaram novas Igrejas, constituíram grupos de líderes, dividiram as tarefas dentro dos templos, tudo isso para influenciar as pessoas à Deus.

O líder deve ser habilidoso para traçar o percurso. Lembre-se: Qualquer um pode pilotar o barco, mas só o comandante sabe traçar o caminho.

O líder eficaz é um tri-visionário:

1. Possui uma visão ampla;
2. Possui uma visão de longo alcance;
3. Possui uma visão antecipada.

Nenhum comentário:

Postar um comentário