7 de set de 2012

Conhecendo a Deus

SEÇÃO: TEOLOGIA SISTEMÁTICA

Conhecer a Deus é um enorme privilégio que Ele concede aos Seus filhos. Jesus deseja que nos acheguemos a Ele, para ter a oportunidade de se revelar profundamente, de maneira íntima e especial a todos nós. Embora Deus seja tão grandioso, é possível conhecê-Lo, e na verdade, Ele quem teve a iniciativa em se fazer conhecido; se fez presente em nosso meio através de Jesus, e hoje está conosco, habitando em nós através do Seu Espírito Santo.

“Cresçam, porém, na graça e no conhecimento de nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo. A ele seja a glória, agora e para sempre! Amém”. 2 Pedro 3:18. 


O Senhor não nos criou e nos abandonou ao léu, muito pelo contrário, Ele se lembra de nós todos os dias e tem um plano pessoal e maravilhoso para cada um. Devido à sua infinitude e imensidão, Deus se torna incompreensível para nós, como bem afirmou o apóstolo Paulo, isto por causa de nossa limitação, mas um dia o veremos face a face, como Ele realmente é!

“Porque agora vemos por espelho em enigma, mas então veremos face a face; agora conheço em parte, mas então conhecerei como também sou conhecido”. 1 Coríntios 13:12. 

Através das Escrituras Deus nos dá conhecimentos necessários sobre a Sua pessoa e a Sua obra, mas é somente no céu que teremos o conhecimento real dEle, de Sua essência. Segundo apontou o teólogo Louis Berkhof, “os pais da igreja primitiva falaram do Deus invisível como de um ser que não foi engendrado, mas um ser inefável, eterno, incompreensível e imutável, mas ao mesmo tempo confessavam que Deus se revelou no Logos e, portanto, pode ser conhecido para a salvação”.

A essência de Deus é incompreensível de tal maneira que Sua divindade escapa completamente aos sentidos humanos, isto era o que dizia Lutero. Esses grandes homens de fé não negavam a possibilidade de o homem saber algo da natureza de Deus através da criação, mas afirmavam que o homem pode adquirir o verdadeiro conhecimento de Deus unicamente através da revelação especial, a Escritura, debaixo da iluminação do Espírito Santo.

“Aproximem-se de Deus, e ele se aproximará de vocês! Pecadores, limpem as mãos e vocês, que tem a mente dividida, purifiquem o coração”. Tiago 4:8. 

Por mais que saibamos que o Senhor é imensurável e que somos seres completamente dependentes de Sua misericórdia, esse mesmo Deus deseja que o conheçamos, ainda que apenas de relance. Para isso, basta examinarmos esse maravilhoso manual de fé que Ele nos deixou a disposição, e fazermos o uso daqueles momentos a sós com Ele, através da oração e do jejum.

Querido Pai, nos ensina a Te conhecer. Abre os nossos olhos espirituais e nos ajude a ver além das aparências. Estar contigo é tudo o que importa, e tudo o que mais queremos. Te pedimos isto no nome do Senhor Jesus, a perfeita revelação do Deus invisível, a plenitude de toda a divindade. Amém.

Fonte: Apostila "Teologia Sistemática I", do ITQ, e Módulo "Básico - O conhecimento ao alcance de todos", da Faculdade Teológica Harvest.

Nenhum comentário:

Postar um comentário