19 de mai de 2011

Resumo do Livro "Conspiração Aquariana" de Marilyn Ferguson

A NOVA ORDEM MUNDIAL
Texto adaptado. Extraído do site Pesca sem fronteiras.

A Conspiração Aquariana é o título do livro-texto da Nova Era. É conhecido em todo o mundo ocidental, escrito em 1980 por Marilyn Ferguson, uma jornalista americana que teve muitos contatos com pessoas orientais, fez muitas experiências junto a mestres indianos, e praticou a meditação transcendental. Fez "estudos" e experiências e criou métodos e técnicas para o "alargamento da consciência". A jornalista acreditava que existe uma íntima relação entre mente e religião, afirmando que a religião é uma projeção da mente.

Em 1975 fundou uma revista que tinha como objetivo a terapia religiosa. O seu livro, que também é denominado "Consciência de Aquário" ou a "Doce Conspiração", tem como fundamento o desejo de "salvar" o planeta Terra. Para isto faz-se necessário adquirir uma nova consciência, uma nova visão de mundo.

Este livro teve sua origem em uma pesquisa realizada com 200 pessoas através de um questionário. ( A amostra de apenas 200 entrevistados para uma pesquisa que quer ter o valor científico é inexpressiva, para o universo a que se propõe).

O livro teve um sucesso extraordinário nos Estados Unidos e, em conseqüência da aceitação tão grande de suas ideias, ela saiu pelo mundo dando conferências e divulgando as ideias contidas neste livro. Os meios de comunicação social tomaram suas novas concepções e as veicularam, afirmando ser uma nova espiritualidade. Além de lançarem o livro divulgavam os cursos, seminários e workshops que seriam oferecidos, com o aval de sua autora. Houve, na verdade um "movimento de massa", para convencer a sociedade, a mudar a cultura.

Marilyn acreditava na necessidade de mudanças. Intuiu que e a sociedade queria mudar, pois o "status quo" não satisfazia. Era preciso transformar. Esta transformação se opera através de 4 fases, segundo seu livro:

1- Há na sociedade um sentimento de vazio, de nojo, de insatisfação, de tédio consumista. Compra-se, consome-se, come-se, diverte-se, mas a sensação de nojo e vazio continua uma realidade dolorida. As pessoas estão insatisfeitas.

2- Neste estado de coisas, neste estado de espírito, nesta ansiedade, parte-se em busca de respostas. As pessoas recitam os mantras, realizam as práticas esotéricas, se submetem a psicotécnicas, usam drogas para experimentar algo novo que agrade, que alivie, que dê respostas emocionais, que as alegre, que alargue o potencial de sua consciência, enfim, que se transformem. Monta-se cursos, seminários, workshops onde são oferecidos técnicas espirituais como: yoga, despertar sensorial, tarô, runas, renascimento. o channeling, o mantra bioenergético, harmonização dos cháckras, a própria divinização através do" encontro do próprio eu interior". A meta é chegar à iluminação, (como Buda) estado no qual a pessoa já começa a ter uma sensação de libertação do status quo.

3- A integração - como seria chamada a terceira fase: a pessoa começa a refletir mais e a selecionar para si um mestre, um guru interior e nesta fase a pessoa experimenta uma grande "cura", a cura psicossomática. Usa muitas terapias e todas são boas. Qualquer terapia vale.A pessoa intui que estas idéias respondem às suas ansiedades, aceita-as, entra "na rede" e se faz mais um seguidor para a grande conspiração aquariana.

4- Nesta fase - a da conspiração - a pessoa já está sintonizada com as ideias propostas pelos grupos, que são inúmeros, e assim vai se criando uma Rede Universal de "conspiração silenciosa" que pretende com isto dar uma nova visão de mundo e curá-lo, expandir sua consciência para levar a paz ao cosmo. Expandir todo o potencial humano retido, reprimido acorrentado no homem por circunstâncias existenciais, sociais, religiosas ou econômicas. "É preciso liberar-se, e liberar as "feras" acorrentadas dentro de si. Atingir o seu eu profundo", a divinização.

O livro fala em Vila Global. Propõe a necessidade de criar, construir uma rede universal através destas ideias, pois é necessário "pensar globalmente e agir localmente", em pequenos grupos. Tudo muda, nada é permanente "sejam as ideias, sejam as formas", é preciso mudar.

"O mundo no qual se estabelece a rede universal operará a transformação do indivíduo, que terá como conseqüência a do mundo, do contexto universal. Esta seria a nova conspiração, a nova religião universal".

Mas qual a finalidade da religião, segundo estas ideias do livro? A religião é uma dinâmica transformante, ela deve transformar o homem e o espírito, criando a universalidade e a transformação do mundo, ou melhor dito: a cura do homem e do planeta através da terapia religiosa. Na concepção aquariana a religião (a fé) é uma oferta terapeutica. (Muita atenção: na Nova Era as palavras têm significados próprios).

Todo o tecido da vida, compõe o grande "cérebro cósmico". Cada ser é uma partícula, ou uma célula que juntos compomos este cérebro que está mudando. Quando uma célula muda, entrando na grande rede, vai se formando a grande conspiração. Religião é a autoconsciência deste tecido de estar nesta realidade universal coligada: É o holismo. É o novo quadro de referência para interpretar o mundo. Assim vão surgindo novos paradigmas na cultura, na literatura, na política, na arte, na educação, na economia, na religião.

O livro "A Conspiração Aquariana" seria a Bíblia da Nova Era. A religião é proposta como algo interior, totalmente subjetivo e é a única experiência pessoal interior, e se expressa no desejo de mudar, transformar o mundo, através da rede de conspiradores silenciosos. "Somos os profetas do mundo futuro, não sabemos como será, mas estamos sentindo, experimentando coisas novas".

O livro diz que o fim do mundo será um salto de qualidade, sem lutas e sem guerras, mais pela condição de elevação espiritual. Não se buscará o poder do proletariado, mas o poder de uma "rede sem guia, muito potente para levar o mundo à transformação".


Veja agora uma entrevista feita com Marilyn Ferguson, em 1995, pelo jornalista Fernando Villela, no Congresso Holístico do Rio de Janeiro.

SOPRANDO ARES AQUARIANOS

FV: Como as pessoas estão se tornando conscientes da "Conspiração Aquariana"?

MF: É comum acontecerem crises na vida de alguém, pode ser um divórcio, problema de saúde, no trabalho, ou também pode ser um novo tipo de visão que o indivíduo passa a ter. Em meio a esses eventos, muitas pessoas sentem que querem ver um mundo diferente. Seus valores então são mudados.
O vice-presidente americano Al Gore contou o que tinha acontecido com ele quando um carro pegou seu filho de nove anos. Naquele momento, parecia que o filho estava morto. Quando Al Gore sentiu essa imensa energia, pensou: "O menino não pode morrer!!!". O pai e a mãe estiveram juntos com o menino no hospital durante semanas. E os seus valores foram então permanentemente mudados. Ele não podia mais colocar sua carreira política acima de sua família...

FV: Então isso é o que se chama a revolução da consciência?

MF: Sim. Existem diferentes maneiras de você despertar, de acordar. A crise funciona, às vezes, como se fosse uma promoção no trabalho, leva a pessoa para uma nova posição
frente à Vida.

FV: Com a crise no planeta, então, um grande número de pessoas estariam despertando coletivamente?

MF: O planeta está experimentando agora um novo tipo de morte.

FV: Você nos contou que em determinadas situações de crise, algumas pessoas despertam para uma nova consciência. No seu caso, Marilyn Fergunson, como foi isso?

MF: Eu sempre fui meio estranha (risos). Comecei pela Meditação Transcedental. Eu via luzes piscando, e sinais de energia. Então eu queria saber o que estava ocorrendo dentro do meu cérebro. A partir disso, eu tive várias experiências psicológicas e isso fez com que eu ficasse curiosa. Foi assim.

FV: Nós vivemos em um planeta emocionalmente doente. Como é que a Conspiração Aquariana se posiciona no aspecto da Medicina?

MF: Eu vejo a medicina assim como os índios americanos, como "Força". Quando escrevi a "Conspiração Aquariana", quinze anos atrás, a Medicina oriental ainda não era tão comum como ela é atualmente. Na Europa, a Homeopatia já está popular há muito tempo. O que aconteceu nestes quinze anos, desde que escrevi o livro? O apoio científico dessas idéias tem acontecido com uma força muito grande.
Eu escrevi um trecho (um artigo) falando sobre acupuntura, ervas, como se fosse uma visão futura, de alguns anos. Coloquei lá a medicina alopata, ocidental, como se ela fosse uma medicina complementar. A gente tem que mudar o modo de ver, devemos olhar a medicina alternativa não como "alternativa". A "alternativa" é a nossa medicina!
Um médico na Califórnia está conseguindo transformação nas artérias de pessoas com problemas no coração através simplesmente de uma dieta com meditação. Pela primeira vez um Companhia de Seguros está incentivando as pessoas a fazerem este tipo de tratamento porque é mais barato do que uma operação cardíaca. A primeira coisa é ver se a pessoa irá se adaptar a fazer a esse tipo de dieta, e os exercícios da meditação, antes de fazer a operação. Então, nesse caso, a cirurgia seria uma medicina alternativa.

FV: Como a Sra. avalia a abertura dos Meios de Comunicação para essas idéias?

MF: A mídia é difícil e escorregadia. Ela cobre o que vai dar dinheiro. Depois que o filme da Shirley Maclaine foi para televisão ela deu uma série de entrevistas, e a mídia queria que ela falasse sempre a mesma coisa, sobre cristais, canalização... Ela gostava de falar sobre isso, porque ela trabalha com isso, mas ela não se sentia bem porque eles insistiam tanto em pontos superficiais, em detrimento de outros mais importantes.

FV: Nos livros de Alice Bailey, ela disse que o reaparecimento do Cristo se manifestaria em várias atividades, na vida social, na educação, em vários campos. Qual a relação disso com a "Conspiração Aquariana"?

MF: A segunda vinda de Cristo, para mim, é esta consciência crística que vai despertando dentro de cada um. O próprio Jesus falou que nós seremos capazes de fazer o mesmo que ele fez, ou até melhor. Acho que a Igreja Cristã está um pouco desarrumada, eles se desviaram da questão. Jesus não falou: ame o seu inimigo, porque é nobre. Ele disse: ame o seu inimigo, porque dá certo! Se Jesus estivesse agora por aqui, seria chutado para fora de todas as Igrejas...


FV: A Sra. viaja pelo mundo divulgando a "Conspiração Aquariana". Qual tem sido a reação dos jovens quanto a essas idéias?

MF: Se as pessoas novas escutam um boa história, elas vão nela. Quando Timothy Leary nos anos 60 ele dizia para os jovens: "Ligue! Desligue! Avance! Joga fora!". A mensagem hoje é: "você deve se envolver, este é o seu mundo. E aí, o que você irá fazer agora?".

Marilyn Ferguson morreu inesperadamente em 19 de outubro de 2008. Alguns dizem que por ataque cardíaco.

Nenhum comentário:

Postar um comentário